Colaboradores

  • Tenente Coronel PM Jacilene
  • Tenente Coronel PM Jacilene

    Diretora-Presidente

  • Nome: Jacilene Lopes de Melo - Tenente Coronel QOE - 2016/2019
  • Profissão: Policial Militar
  • Natural de: Tocantinópolis - TO
  • Dada de Nascimento: 22/10
  • Estado Civil: Casada(a)
  • Telefone: (63) 3218-4762
  • E-mail: [email protected]
  • Atribuições: De acordo com o Regimento Interno da Fundação Pró-Tocantins, compete ao Diretor presidente:


    I) orientar, dirigir, supervisionar as atividades e representar a Fundação em juízo ou fora dele, ativa ou passivamente podendo constituir mandatários;
    II) convocar e presidir as reuniões da Diretoria Executiva;
    III) cumprir fielmente as disposições deste Estatuto e demais normas aplicáveis;
    IV) encaminhar ao Conselho de Curadores:
    a) o Plano de Trabalho e a Proposta Orçamentária anual da Fundação devidamente deliberados pela Diretoria Executiva e com parecer do Conselho Fiscal;
    b) o relatório anual de atividades realizadas, a prestação de contas, o balanço geral e os balancetes, ao fim de cada exercício financeiro, deliberados pela Diretoria Executiva e com o parecer do Conselho Fiscal;
    c) projeto de alteração estatuária deliberada pela Diretoria Executiva;
    d) o Regimento Interno e demais regulamentos elaborados pela Diretoria Executiva;
    e) convênios, contratos, acordos, termos e parcerias e também ajustes com pessoas jurídicas de direito público e privado, nacionais ou estrangeiras, bem como com pessoas físicas de qualquer natureza, inclusive quando se referir à Polícia e ao Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Tocantins;

    V) movimentar com o Diretor Financeiro as contas bancárias da Fundação;
    VI) superintender e coordenar todos os atos de gestão administrativa e financeira, respeitada a competência do Conselho de Curadores;
    VII) exercer qualquer outra atribuição que lhe for conferida por lei, por disposição deste Estatuto ou por determinação do Conselho de Curadores;
    VIII) admitir, promover, transferir e dispensar empregados da Fundação, bem como designar os dirigentes de seus órgãos, de acordo com o Regimento Interno e submetendo ao referendo do Conselho de Curadores;
    IX) expedir normas operacionais e administrativas necessárias às atividades da Fundação (expedir portarias, normas, instruções e ordens de serviço);
    X) assinar, depois de aprovados pelo Conselho de Curadores, convênios, contratos, acordos, termos e parcerias e também ajustes com pessoas jurídicas de direito público ou privado, nacionais ou estrangeiras, bem como com pessoas físicas de qualquer natureza, inclusive quando se referir à Polícia e ao Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Tocantins, com o intuito de assegurar a plena realização dos objetivos da Fundação;
    XI) comunicar ao Conselho de Curadores ausência ou impedimento dos Diretores;
    XII) designar o Diretor que o substituirá em suas ausências e impedimentos eventuais;
    XIII) cumprir e fazer cumprir o Estatuto, o Regimento Interno e as normas em vigor na Fundação e as orientações oriundas do Conselho de Curadores, do Conselho Fiscal e da Diretoria Executiva;
    XIV) manter contatos e desenvolver ações junto a entidades públicas e privadas para obtenção de recursos ,doações, empréstimos e estabelecimento de acordos e convênios que beneficiem a Fundação;

    O Art. 8° do regimento Interno diz que o Diretor Presidente deverá ser assessorado por um assessor jurídico, um assessor em comunicação e marketing e uma secretaria executiva, podendo realizar outras contratações, conforme necessidade previamente justificada ao Conselho Curador, para melhor desempenho das atividades á ele atribuídas.